LARC auxilia na rede de internet que suportou transmissão pioneira de longa metragem em 4K

Em ação pioneira para o cinema digital na América Latina, o Brasil transmitiu o primeiro longa-metragem no padrão 4K (8.000.000 de pixels) para três países simultaneamente e em tempo real, durante evento da 10 ª edição  do FILE - Festival Internacional de Linguagem Elêtronica.

A transmissão ocorreu na  última quinta-feira (30), no Teatro Sesi, em São Paulo e teve o apoio da USP, por meio do Centro de Computação Eletrônica (CCE) e do Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (LARC) da Escola Politécnica (Poli).Transmissão do evento

O filme "Enquanto a Noite não Chega", com direção de Beto Souza e Renato Falcão, foi transmitido para a Universidade da Califórnia em San Diego e para a Universidade de Keio, no Japão, em super alta definição. A tecnologia 4K (4096 X 2160 pixels) apresenta uma resolução 4 vezes maior que a televisão em alta definição (HDTV) e 24 vezes maior que a TV padrão.

Para evitar atrasos, já que a sua transmissão ocupa uma banda de 700-800 Mbps, a equipe técnica do evento optou por utilizar comutação de circuitos camada 2 desde a origem (São Paulo) até os destinos (Universidade da Califórnia e Universidade de Keio). 

A transmissão do longa metragem foi organizada pela Universidade Prebisteriana Mackenzie em parceria com a Universidade de São Paulo, representada pelo CCE - Centro de Computação Eletrônica e pelo LARC- Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores da Escola Politécnica, com a RNP- Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e com o projeto Kyatera da FAPESP,  e suporte da Foundry e da Sony.

Profa. Tereza Carvalho participando do debate

 A profa. Tereza Cristina de Carvalho, diretora do CCE e diretora técnica do LARC, coordenou a participação da USP no evento. Segundo a Profa. Tereza: "O evento é pioneiro em transmissão transcontinental de cinema 4k de  longa metragem. Este tipo de demonstração mostra a viabilidade de realização de atividades colaborativas no domínio da arte, ao fazer uso da internet avançada.

 

 No dia seguinte à transmissão, na sexta-feira, dia 31, ocorreu um debate  sobre a utilização de tecnologias em benefício da arte, por meio de video conferência de alta definição com pesquisadores brasileiros e de ambas universidades estrangeiras que participam do projeto, utlizando a infra-estrutura do projeto IPTV da USP.

Equipe organizadora da transmissão

 Maiores informações: http://www.file.org.br

Fotos: Fernando Redigolo